Trivento Reserve Malbec 2018

Club del Vino, é a comunidade dos amantes de vinhos.No Club del Vino você pode criar sua área personalizada e começar a escrever e compartilhar sua própria experiência no Universo do Vinho.Ou então pode divulgar seus vinhos ou seus produtos do mundo enogastronômico.A criação da área personalizada e a publicação dos artigos são gratuitos.A ideia é de criar uma comunidade para compartilhar de forma efetiva, serviços, produtos e conteúdos que tenham a ver de alguma forma com o mundo do vinho.

Uma prova cega, sem dúvida, tem uma vantagem em relação às degustações tradicionais.

Quando o nome da vinícola produtora não é conhecido, nem a marca, nem a região e o preço, muitas variáveis e preconceitos são eliminados da equação. Assim, quem “fala” apenas com o provador é o vinho servido no copo.

Em resumo, ao reduzir o conjunto de estímulos que impactam na percepção, é o produto que se expressa.

Sob esta mesma premissa foi feita em Mendoza “The Winemakers 2018”, a quinta edição da degustação cega de vinicultores participantes da Argentina.

Este ano, cerca de 60 vinhos foram provados.

No total, havia duas etiquetas com duplo ouro, 8 medalhas de ouro e 10 menções de prata, além de um reconhecimento do vinho com a melhor relação qualidade-preço.

“A Winemakers é uma ótima experiência para todos os produtores de vinho, porque nos dá a oportunidade de testar cegamente o que os colegas estão fazendo nas vinícolas, ver os diferentes estilos que são feitos e como um está posicionado em relação aos outros.

Quanto aos vinhos vencedores, este foi o ranking:

 

Duplo Ouro

1. Domaine Bousquet Ameri 2015 –Enólogo: Rodrigo Serrano – Bodega: Domaine Bousquet.

 

Domaine Bousquet Ameri 2015

 

2. Gauchezco Oro Appellation Gualtallary Malbec 2015 – Enólogo: Mauricio Vegetti – Bodega Gauchezco.

 

Gauchezco Oro Appellation Gualtallary Malbec 2015

 

Ouro

3. Gran Callejón del Crimen Malbec 2017 – Enólogo: Pablo Navarrete – Bodega Finca La Luz.

 

Gran Callejón del Crimen Malbec 2017

 

4. Lui Gran Reserva Cabernet Franc 2016 – Enólogo: Mauricio Vegetti – Bodega Lui Wines

 

Lui Gran Reserva Cabernet Franc 2016

 

5. Diamandes Gran Reserva Tinto 2014 – Enólogo: Ramiro Balliro – Bodega Diamandes

 

Diamandes Gran Reserva Tinto 2014

 

6. Trivento Gaudeo Malbec 2016 – Enólogo: Germán Di Césare – Bodega Trivento

 

Trivento Gaudeo Malbec 2016

 

7. Corazón del Sol Gran Reserva Malbec 2016 – Enólogo: Cristian Moor – Bodega Corazón del Sol

 

Corazón del Sol Gran Reserva Malbec 2016

 

8. Arlene Blend 2015 – Enóloga: Valeria Antolin – Bodega Piatelli

 

Arlene Blend 2015 – Enóloga

 

9. Triana Blend 2012 – Enóloga: Lucia Espejo – Bodega Don Cristobal

 

Triana Blend 2012

 

10. Iscay Syrah Viognier 2014 – Enóloga: Alejandra Riofrío – Bodega Trapiche

 

Iscay Syrah Viognier 2014

Além disso, o Trivento Reserve Malbec 2018, da Bodega Trivento, foi escolhido como o vinho com a “melhor relação preço-qualidade”.

 

Trivento Reserve Malbec 2018

 

Com foco no consumidor

Deve-se notar que, além de analisar cada amostra em particular, o evento serviu para discutir as principais questões da indústria do vinho, em um contexto em que o consumo per capita está em seus mínimos históricos.

Um dos eixos deste ano foi o uso da madeira em um contexto em que as vinícolas buscam iluminar vinhos cada vez mais frescos e potável.

Sobre este ponto, Gonzalo Carrasco, Bodega Terrazas de los Andes, disse que “os vinhos que se destacaram e tiveram cumprimento no seu desempenho global foram localizados na fruta preta, vinhos frescos de um crocante maturidade correta, acompanhado por madeira e não coberto por ela.

Essa foi a grande conclusão para fazer vinhos de alta qualidade ou para surpreender. ”

Enquanto isso, Jorge Cabeza, Bodegas Salentein, disse que “a madeira continua a ser o protagonista além disso é sutil, bem colocado, elegante.

Nós amamos o frescor, mas com o toque de madeira apenas, limpo.

O uso atual é mais correto e funciona como um companheiro para que o fruto seja o principal. Há cinco anos isso vem acontecendo “.

Os organizadores, paralelamente, destacaram que este evento, criado por María Laura Ortíz (Winifera) e Jorge Cabrera (Estradas do Vinho)“, está posicionado como a degustação mais importante dos enólogos de nosso país”.

Fonte: Ecocuyo – Mendoza – Imagens ilustrativas

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *