Tour pelos vinhedos brasileiros

Club del Vino, é a comunidade dos amantes de vinhos.No Club del Vino você pode criar sua área personalizada e começar a escrever e compartilhar sua própria experiência no Universo do Vinho.Ou então pode divulgar seus vinhos ou seus produtos do mundo enogastronômico.A criação da área personalizada e a publicação dos artigos são gratuitos.A ideia é de criar uma comunidade para compartilhar de forma efetiva, serviços, produtos e conteúdos que tenham a ver de alguma forma com o mundo do vinho.

 

Comecei a me interessar por vinhos depois que fiz o curso de Chef de Cozinha e trabalhei com eventos harmonizados.

Nesta época conheci muita gente entendida no assunto, e a cada evento ou conversa, me interesso ainda mais.

Fizemos (meu marido e eu) algumas viagens para conhecer a produção de vinhos fora do pais.

Fomos para Mendoza (Argentina) e Santiago (Chile). Somente no ano passado é que decidimos nos dedicar ao vinho nacional, conhecer produtores diferentes e vinícolas pequenas, e percebemos que temos produtos excelentes.

Nosso primeiro roteiro foi na Serra Gaúcha em janeiro de 2016.

Ficamos hospedados em Bento Gonçalves e, de lá, visitamos algumas vinícolas indicadas por um amigo enólogo que é da região.

Conhecemos vinícolas incríveis, como Cave Geisse, Almaunica, Pizzato, além de Miolo, Casa Valduga, Aurora… Mas naquela viagem, fomos de Curitiba até Porto Alegre de avião, alugamos um carro para fazer esse passeio, e percebemos que não foi uma boa ideia… mesmo as vinícolas despachando alguns vinhos, queríamos comprar mais, e trazer com a gente.

Foi ai que decidimos que deveríamos voltar, mas dessa vez de carro. E foi o que fizemos.

Começamos nosso roteiro pela Serra Catarinense.

Ficamos hospedados em São Joaquim SC. Já havia pré-agendado visitas a duas vinícolas, e foi um imenso prazer conhecer a famosa Villa Francioni. Depois, fazer a degustação do pôr do sol na Monte Agudo, até então desconhecida para mim, foi inesquecível. De São Joaquim seguimos até Lages. Bem coladinho a Lages, em Campo Belo do Sul, conhecemos a Vinícola Abreu Garcia.

 

Experiencia incrível, valeu desviar a rota para ir até lá.

Seguimos então para o Rio Grande do Sul. Estranhamos a estrada, a famosa e perigosa BR 116, com pista simples, lotada de caminhões, um trecho muito desgastante. Chegamos em Bento Gonçalves, onde ficamos hospedados 2 dias no Spa do Vinho (foi incrível), e mais dois dias dentro da Vinícola Casa Valduga. Nesses dias conhecemos casas diferentes, como a Milantino, Angheben, Chandon e Luiz Argenta. E voltamos à Almaunica, à Miolo, e por fim fizemos um curso de 5 horas sobre vinhos na Casa Valduga. Nossa! 5 horas?! Acreditem, passou voando…foi tão bom que faria mais 5 horas!

Dessa vez voltamos para casa com uma boa quantidade de vinhos!

Era o que queríamos!

Certa vez, num restaurante em Curitiba, vimos um mapa com as rotas de vinhos da região de Curitiba.

Como assim?

Há produção de vinhos finos na região que moramos? Só conheço os famosos vinhos de colônia que servem nos restaurantes de Santa Felicidade! Temos que conhecer… e aí começamos o nosso tour pela nossa região.

E é a isso que me proponho nesse blog.

Contar sobre nossos roteiros, dicas do que deu certo, do que deu errado, sugestões de vinhos em cada vinícola… Tenho muito orgulho dos produtos
nacionais que conheci! Lhes garanto: provei vinhos excelentes, com alto padrão de qualidade e aos poucos vou contando sobre cada um.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *