Dent de Lion Blend Winemaker's Selection 2015

Descobri o prazer de mergulhar no mundo fascinante dos vinhos já há quase três décadas, e foi paixão à primeira taça. Desde então, dedico-me ao conhecimento e aprendizado dessa maravilhosa e fascinante bebida, desvendando a cada dia diferentes sensações e experiências únicas, que só mesmo o vinho é capaz de proporcionar. Consegui aliar o prazer ao trabalho, prestando assessoria, consultoria e hoje desenvolvo cursos na área de vinhos, espumantes e harmonização enogastronômica, fazendo um trabalho inovador, diferenciado e profissional, com destaque ao serviço especializado de vinhos executado pelo sommelier. Saúde!


>> Confira os Vinhos e Gadgets recomendados por Club del Vino e nos diga o que achou! <<

vinho para iniciantes e iniciados


 

O mundo do vinho sempre vem acompanhado de muita história e segredos que vão se revelando a cada nova vindima, manejo do agricultor e alquimia do enólogo.

Com o produto final engarrafado e rotulado, ao abri-lo é como se desvendássemos mistérios de anos.

 

 

E a simbiose entre a natureza e o homem em poucos segundos se lança da garrafa aberta, na taça em que o vinho lentamente é derramado e a explosão de sabores acontece em nossa boca.  A partir daí começamos a nos surpreender…

O Dent de Lion Blend / Winemaker’s Selection 2015 consegue trazer à tona um pouco da história da África do Sul e do caminho aventureiro desbravado durante anos por esse blend.

 

 

O clima mediterrâneo do sul da França parece estar presente neste rótulo, que deixou a cargo de um dos vários terroirs sul-africanos (a África do Sul apresenta dezenas de áreas de cultivo, cada uma com características próprias), toda a experiência e jovialidade no desenvolvimento de seus vinhedos.

 

A produção do Dent de Lion acontece nas cidades de Paarl e Stellenbosch, esta última fundada em 1679, sendo a segunda cidade mais antiga da África do Sul, depois da Cidade do Cabo.

 

 

Não só elas como toda a África passaram por grandes transformações políticas e sociais e os investimentos na vinicultura foram se intensificando a partir da década de 90, tornando os vinhos sul-africanos mais competitivos, alegres e fáceis de beber quando falamos em rótulos do Novo Mundo.

Exemplos não faltam dessa transformação e a Universidade de Enologia de Stellenbosch é uma delas. Foi uma das precursoras nos estudos que envolvem as cepas, vinhas, pesquisa de campo e tecnologia e na formação de profissionais envolvidos com a vitivinicultura.

E não é por conta do acaso que a produção da Marianne Wine Estate está a cargo das mãos francesas de Thierry Haberer, representante de renomado enólogo Michel Rolland, francês nascido em Bordeaux e uma das personalidades mais importantes e competentes do mundo do vinho.

 

Dent de Lion Blend 4

 

Produzido a partir do blend de duas castas francesas, a Shiraz (56%) e a Cabernet Sauvignon (37%) e a casta representativa da África do Sul, a Pinotage (7%), o Dent de Lion Blend / Winemaker’s Selection 2015 revela personalidade e equilíbrio.

A uva Shiraz (grafia como ficou conhecida no Novo Mundo) traz uma cor intensa, um toque aromático e uma leve sensação de pimenta branca na boca, após algum tempo em taça.

Assegurou também ao vinho uma boa evolução, fazendo com que possa amadurecer com dignidade, sem deixar de lado esse seu lado característico de especiarias, oferecendo ainda mais alegria e diversidade de sabores ao rótulo.

A Cabernet Sauvignon, rainha soberana das tintas e base do corte usado nos grandes vinhos de Bordeaux, deu um belo toque de frutas negras e maduras. Seu tanino mais incisivo teve como aliado o estágio de 25% do vinho em barricas francesas por doze meses, e isso deixou o rótulo mais arredondado apresentando um gosto amadeirado agradável ao paladar.

E o que dizer da Pinotage … uva símbolo da África do Sul e que conferiu a regionalidade que faltava ao vinho. Assim como o continente africano escreveu uma história de perdas e conquistas, a Pinotage mostrou também sua raça indomável com personalidade.

Com seu açúcar natural, aroma de frutas vermelhas e especiarias, boa acidez e médio corpo com potencial de guarda, resultou numa feliz combinação de cepas para o Dent de Lion.

Mas o produto final desse blend pôde ser garantido também graças ao clima que predominou nas colheitas que ocorreram no verão e que em 2015, quando houve a vindima (colheita das uvas), apresentou tempo seco e com pouca incidência de chuvas em boa parte da África do Sul.

Como consequência, as uvas tiveram um pH mais baixo, porém com boa acidez e níveis de açúcar no fruto ideais. Esses fatores transmitiram ao vinho um visual brilhante, escuro e com sabor intenso, e suas lágrimas se mostraram densas e numerosas.

Em linhas gerais é um vinho agradável, ótimo para o dia a dia mas com potencial de guarda. Pode ser degustado só ou acompanhado durante a refeição. Vamos dizer que para você que já toma vinhos, o Dent de Lion é um coringa e com certeza vai agradar a maioria de seus convidados em uma reunião de amigos/familiares. Um rótulo do Novo Mundo mostrando um vinho jovem, mas que não decepciona enófilos iniciantes nem experientes.

Assim é o Dent de Lion, uma grata surpresa de uma vinícola que pensa seus vinhos com jovialidade, respeitando a tradição e evolução dos vinhos sul-africanos, mas também considera a imensa contribuição francesa na produção de seus rótulos.

 

Para harmonizar que tal pratos mais simples como é a natureza da maioria dos sul africanos?

Um churrasquinho de fim de semana cairia muito bem! Uma bela rabada com seu molho suculento e batatas … E agora que o frio está chegando, uma sopa de feijão bem substanciosa e temperada vai surpreender. Não esqueça o pão italiano para acompanhar!

Mas se você for um apreciador de massas, sem problema. Uma pasta ao molho vermelho, com pedaços mais graúdos de carne e temperado com especiarias será matador!

Vinho: vida longa, feliz e saudável!

Referências:
https://www.wosa.co.za/
http://mariannewines.com/

 


>> Confira os Vinhos e Gadgets recomendados por Club del Vino e nos diga o que achou! <<

vinho para iniciantes e iniciados


 

Comments

  1. RParabéns amigo Paulo Milanésio👏👏 Uma aula… esse vinho deve ser muuuito bom! Vou sugerir no meu Grupo do vinho🍷🍷. Vida longa com vinho!

    1. Olá Dalvina, tudo bem?
      O vinho guarda muitas histórias, e só quando a gente vai mais fundo no assunto é que vemos o quanto o vinho fez e continua fazendo parte do nosso dia a dia e do nosso aprendizado.
      Com certeza seu grupo de vinhos vai adorar! Obrigado pela participação e lembre sempre: vinho, vida longa, feliz e saudável!
      Grande abraço!

    1. Olá Cláudio!
      O vinho é algo que deve ser compartilhado o máximo possível! Seja na literatura , seja em taças…
      Ainda temos um longo caminho pela frente para disseminar a cultura do vinho, que está mais próxima do que imaginamos, mas agradeço de coração seus elogios!
      Vamos juntos embarcar nessa aventura tão prazerosa que são os vinhos …
      Forte abraço meu amigo!

  2. Olá Gilberto, tudo bem?
    Os rótulos sul-africanos estão ganhando cada vez mais espaço no Brasil. Especificamente o Dent de Lion é um belo vinho para se degustar!
    Obrigado por nos acompanhar e grande abraço!

    1. Olá Gilberto, tudo bem?
      Os vinhos sul-africanos estão ocupando cada vez mais espaço entre os brasileiros!
      O Dent de Lion com certeza está no caminho certo!
      Obrigado por participar com a gente e continue acompanhando o blog.
      Forte abraço, Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *