prazer de tomar vinho

Descobri o prazer de mergulhar no mundo fascinante dos vinhos já há quase três décadas, e foi paixão à primeira taça. Desde então, dedico-me ao conhecimento e aprendizado dessa maravilhosa e fascinante bebida, desvendando a cada dia diferentes sensações e experiências únicas, que só mesmo o vinho é capaz de proporcionar. Consegui aliar o prazer ao trabalho, prestando assessoria, consultoria e hoje desenvolvo cursos na área de vinhos, espumantes e harmonização enogastronômica, fazendo um trabalho inovador, diferenciado e profissional, com destaque ao serviço especializado de vinhos executado pelo sommelier. Saúde!

Vivemos um momento em que pessoas de diferentes faixas etárias e posição social, estão carregando bandeiras e defendendo ideais, com a efervescência de um coração adolescente.

O que até a alguns anos, víamos estagnado.

Muitos defendem determinada forma de agir e a maneira politicamente correta de se posicionar. A gama de controvérsias é gigantesca e abrange assuntos como sustentabilidade, qualidade de vida, controle de doenças, inclusive discussões calorosas sobre o prazer que podemos ter na realização de pequenas coisas que fazemos cotidianamente.

E diante desse quadro que nos contagia cada vez mais, parece até um ato insano falarmos sobre o prazer que uma bebida alcoólica pode proporcionar, no nosso caso, o vinho.

 


Veja também: Enófilo, Enólogo, Sommelier: afinal de contas, quem é quem?


Mas vinho … essa bebida tão especial, foi e continua sendo uma exceção em relação as demais.

Quando começamos a entender um pouco mais sobre esse néctar, viajamos por mares nunca antes navegados, e a cada descoberta nos surpreendemos com os fatos e acontecimentos que envolvem, invariavelmente, um pouco de História, Geografia, Ciência, Artes, Antropologia, Química!

E não por acaso… afinal há indícios de que as primeiras produções de vinho tenham ocorrido há 6.000 a.C. !

Imaginemos como as vinhas e os vinhos participaram dos grandes acontecimentos da humanidade, nas comemorações das vitórias, nas amarguras das derrotas, e nessa longa e histórica trajetória, o vinho conquistou e vem conquistando espaços importantes não só nas prateleiras dos empórios, bistrôs, casas especializadas e supermercados, mas também como peça de destaque na engrenagem da economia de países produtores e consumidores da bebida.

 

Importante produto que envolve cifras por vezes estratosféricas, o vinho vem transformando conceitos e hoje em dia é muito defendido por seus benefícios, quando tomado com moderação.

Seja ele tinto, branco, rosé, espumante, doce, champagne, do Velho Mundo ou Novo Mundo, produzido organicamente ou por processos quase que totalmente mecanizados, o vinho guarda em si, a magia da reflexão, o toque do romance, a pitada da alegria.

A cada taça que levamos aos lábios, carregamos história, paixão, aventura! Uma simbiose entre o trabalho desenvolvido pelo Homem, com o inquestionável e obrigatório consentimento da Mãe Natureza, sem o qual nada disso seria possível.

Talvez isso tudo lhe pareça um pouco fantasioso, mas sem medo de errar, podemos considerar o vinho um ser vivo que se modifica com o tempo, que revela-se lentamente quando aberto, e após o término de cada taça parece querer nos dizer: missão cumprida, pronto prá outra!

Por isso caro leitor, não vejo problema algum em encarar a vida com um pouco mais de alegria e se permitir ser feliz, sem culpa nem remorso, e ir descobrindo a cada gole, as intenções do enólogo, a sinergia das forças da natureza, a intensidade dos aromas e a magia que cada videira consegue transportar, desnudando na forma de pequenos bagos de uva, toda uma história de paixão, trabalho e prazer!

Saúde!

 

 


>> Confira os Vinhos recomendados por Club del Vino <<


 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *